sábado, 10 de dezembro de 2011

Câmara rejeita aumento de imposto


Beto Oliveira

Foto
DEP. VALDIVINO DE OLIVEIRA

A Câmara dos Deputados decidiu rejeitar nesta quarta (7) o Projeto de Lei que elevaria em 5% a alíquota do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para bebidas alcoólicas, armas de fogo e munições. A proposta é de autoria do deputado Roberto Britto (PP-BA) e a relatoria ficou com o deputado Valdivino de Oliveira (PSDB-GO). Segundo o relator, a justificativa de que o álcool e as armas provocam violência não é suficiente. “Não parece suficiente para aumentar ainda mais a carga tributária do produto”, disse Valdivino. “Quem compra uma arma para cometer delitos, na maioria das vezes, a adquire no mercado informal, onde a administração tributária não consegue chegar”, completou.


Nenhum comentário:

Postar um comentário