quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Cai produção de petróleo na bacia de Campos

A principal área produtora de petróleo no Brasil, a bacia de Campos, enfrenta problemas como a baixa dos níveis de produção, após anos consecutivos de crescimento.

O declínio mais acelerado de campos antigos, o atraso na entrada de novos sistemas de produção e problemas na manutenção de plataformas da Petrobras fazem com que a produção oscile constantemente, com viés para baixo.

A bacia de Campos entrega 1,9 milhão de barris de óleo e gás por dia, bem acima das demais regiões produtoras.

A bacia do Espírito Santo é a terceira maior produtora, com 109 mil barris de petróleo e gás por dia, seguida pela do Solimões (região Norte), com 106 mil barris por dia. Um salto na produção da Bacia de Santos nos últimos meses pode elevar essa região da quinta posição para a segunda. Para o final da década, especialistas preveem que atinja nível de produção em patamar semelhante ao de Campos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário