quinta-feira, 5 de maio de 2011

No Pará,servidor-fantasma foi "contratado" com 1 ano de idade

A Assembleia Legislativa do Pará incluiu em sua folha de pagamento o nome de um funcionário que tinha um ano de idade na data de sua contratação, em 1988, informa reportagem de Felipe Luchete na Folha desta quinta-feira (íntegra disponível para assinantes do jornal e do UOL).

Ricardo Rafael Monteiro da Silva, que hoje tem 24 anos, é um dos 11 funcionários-fantasmas identificados até agora pelo Ministério Público, que investiga suposto esquema de fraudes na Casa.

Folhasp

Nenhum comentário:

Postar um comentário