sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Lula diz que projeto do pré sal nunca quis prejudicar o Rio

Segundo o presidente Lula o marco regulatório do pré-sal e a redistribuição dos royalties do petróleo não serão votados neste ano por falta de tempo, já que o Congresso entra em recesso no dia 17 de dezembro. Ao lado do governador reeleito do Rio, Sérgio Cabral (PMDB), Lula defendeu maior participação do Estado na distribuição dos recursos. Ele afirmou que o projeto do governo nunca foi prejudicar o Estado, que produz mais de 80% do petróleo do país, com a partilha dos royalties do pré-sal. "Fizeram uma bobagem eleitoral. Nós temos de agir com seriedade. Não podemos tirar do Rio de Janeiro o que o Rio de Janeiro tem de direito”, afirmou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário