sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

Salvador Dali, o mais louco dos pintores


8 comentários:

  1. Show de bola! Parabéns meu caro!!! PC

    ResponderExcluir
  2. Estou sentindo falta das charges...quando volta publicar?

    ResponderExcluir
  3. O esmero da caricatura de Dali talvez só encontrasse tanta admiração se o próprio fosse confrontado com ela. Parabéns!

    ResponderExcluir
  4. Grande Dali!!! Surrelista que amava sua mulher Gala e foi sua musa inspiradora por toda vida...fidelidade de louco!!!

    ResponderExcluir
  5. Na verdadeira estética surrealista, o inconsciente não é apenas uma dimensão psíquica explorada com maior facilidade pela arte devido sua familiaridae com a imagem mas é a dimensão da existência estética e, portanto, a própria dimensão da arte. Se a consciência é a região do distinto, o inconsciente é a região do indistinto onde o ser humano não objetiva a realidade, mas constitui uma unidade com ela. A arte,pois, não é a representação,e sim comunicação vital biopsíquica do indivíduo por meio de símbolo. Tal como na teoria e na terapia psicanalíticas, na arte é de extrema importância a experiência onírica na qual coisas que se afiguram distintas e não-relacionadas para a consciência revelam-se interligadas por relações tanto mais sólidas quanto mais ilógicas e incriticáveis. Nessa estética, Dali foi imbatível!

    ResponderExcluir
  6. Por favor, se possível, traduza o texto das 05:28 para uma linguagem mais popular ... Esses artitas exergam muito longe...

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  8. Anônimo das 10:25- Estude seis anos História da Arte e entenderá.

    ResponderExcluir